Economia

Americanos compram Vilamoura a preço de saldo

Os activos imobiliários e a concessão da marina de Vilamoura, no Algarve, foram vendidos por 200 milhões de euros à Lone Star, uma empresa norte-americana, avança o Diário de Notícias. Há três anos o resort valia cinco vezes mais.

Vilamoura estava nas mãos da Lusort, uma empresa espanhola detida pelo Catalunya Banc, que em 2004 comprou o resort por 360 milhões de euros ao empresário André Jordan.

Apesar de o negócio ter sido feito a um preço de saldo, esta foi a maior operação em Portugal de venda de terrenos nos últimos sete anos e o maior negócio de investimento no imobiliário nos últimos oito, escreve o DN.

Escreve ainda o jornal que este valor de compra deve-se à falta de rendimento dos activos da empresa, que a fonte de lucro da Lusort se reduz praticamente à concessão da marina. Isto porque quase todos as casas e lojas de Vilamoura já não pertencem à empresa espanhola. Fazem ainda parte dos activos 2 mil hectares de terrenos vazios junto à marina e à praia da Falésia.