Politica

Guterres desfaz tabu presidencial… em inglês

António Guterres esclareceu que não será candidato às eleições presidenciais. O tabu foi desfeito em entrevista à estação de televisão Euronews, falando em inglês.

"I am not a candidate to be a candidate" ("Não sou candidato a ser candidato"), disse o ex-primeiro-ministro socialista.

"Não sou candidato a ser candidato. (...) O que gosto mais de fazer é o tipo de função que tenho actualmente, que permite ter uma acção permanente e directa sobre o que se passa no terreno", afirma na entrevista o actual Alto Comissário da ONU para os Refugiados.

A entrevista foi concedida à saída de uma reunião com a Comissão Europeia, sobre a situação dos refugiados sírios, e será emitida esta noite.

"Outras funções, que são muito importantes do ponto de vista do equilíbrio de um país, de garantir a sua estabilidade, não permitem a mesma acção diária para ajudar pessoas que precisam dramaticamente de ajuda, do nosso apoio", justificou ainda.

Guterres era visto como o candidato consensual da área socialista. Nas sondagens, o seu nome fica a par do de Marcelo Rebelo de Sousa, o mais bem colocado à direita.

Ontem à noite, Jorge Coelho, um socialista muito próximo de Guterres, tinha afirmado na Quadratura do Círculo, da SIC, que o ex-primeiro-ministro "não é candidato e quem tem de saber já o sabe". Uma referência óbvia a António Costa, o líder do PS que tem dado palco ao independente Sampaio da Nóvoa, com candidatura anunciada a Belém.