Sociedade

Bolhão espera obras há 30 anos. Será que é desta?

A Câmara do Porto anunciou hoje que vai requalificar o Mercado do Bolhão, no Porto, numa operação de 20 milhões de euros que permite aos atuais comerciantes regressarem e vai deixar o espaço "meses e meses" em obras.

Na apresentação feita no edifício, com uma plateia de convidados e comerciantes, o presidente da autarquia, Rui Moreira, pouco mais adiantou em relação a prazos, apontando apenas o lançamento do concurso da empreitada para "depois do verão" e garantindo não "atropelar qualquer data em função de conveniências políticas, eleitorais ou pessoais".

Moreira não quis confirmar se tal implica ter o mercado em obras durante as próximas autárquicas, em 2017, mas garantiu que todos os comerciantes atualmente no mercado podem voltar quando este estiver dotado de aquecimento artificial para o inverno, de coberturas no piso inferior, acesso direto ao metro e cave técnica com acesso para cargas e descargas a partir da rua Alexandre Braga.

O autarca explicou que quer candidatar o projeto a fundos comunitários mas que a reabilitação avança independentemente disso, avançando com a intenção de arranjar mecenas para apoiar a animação do espaço, que no piso superior, com entrada pela rua Fernandes Tomás, vai manter a parte comercial e instalar restauração, transferindo todo o mercado de frescos para o piso inferior.

Lusa/SOL

notícia actualizada às 13h49