Sociedade

Portugueses revoltados ‘invadem’ Facebook da PSP

Várias pessoas decidiram mostrar a sua indignação para com os acontecimentos de ontem, durante os festejos da vitória do Benfica, através da publicação de comentários na página da PSP no Facebook.

“Enquanto cidadão, filho e pai também, tenho que continuar a ensinar aos meus filhos que é aos policias e às forças de segurança que devem pedir ajuda sempre que precisarem! Este oficial, não merece envergar uma farda pois não dignifica nem a mesma nem os valores que a representa pelo que expresso aqui o apelo para que seja retirado de funções para que possamos explicar aos nossos filhos e cidadãos em geral, que aquela "pessoa" era polícia por engano!” é um dos comentários publicados na página da Polícia de Segurança Pública.

“Um agente vosso, agride um idoso e uma criança e a vossa preocupação é apenas uma alínea de um comunicado? “, escreveu outra pessoa, após a PSP ter publicado na sua página oficial um comunicado sobre os acontecimentos da noite passada.

“Vocês são uma vergonha. Frustrados e sem carácter e respeito pelos cidadãos. A vossa força de intervenção, os vossos homens, também devem ser pais de filhos e esposos, espero um dia, muito sinceramente, que as vossas mulheres e filhos levem bastonadas, sejam insultadas e caiam no desprezo”, escreve um português na página da polícia.

A PSP não respondeu a qualquer comentário publicado na sua página. 

Em causa estão as intervenções da polícia durante o dia de ontem, altura em que o Benfica se sagrou campeão. O caso que tem sido mais partilhado nas redes sociais é o de um pai e um avô a serem agredidos à frente dos menores, que começam a chorar em pânico, sem saberem o que fazer. Horas mais tarde, a polícia voltou a entrar em acção para impedir o arremesso de objectos no Marquês de Pombal, obrigando os adeptos a dispersar.  

joana.alves@sol.pt