Vida

Este preservativo muda de cor se houver doenças

Um grupo de adolescentes britânicos inventou um preservativo que brilha quando detecta doenças sexualmente transmissíveis, lê-se no site Metro.

 

Muaz Nawaz (13 anos), Daanyaal Ali (14) e Chirag Shah (14), todos estudantes na Isaac Newton Academy, são os criadores do preservativo S.T. EYE. A ideia fez com que fossem os vencedores do TeenTech Awards.

O preservativo é comporto por uma camada molecular que brilha assim que entra em contacto com uma bactéria ou um vírus associados às doenças sexualmente transmissíveis mais comuns, explica o mesmo site britânico.

Para além disso, o método contraceptivo muda de cor consoante o tipo de infecção detectado – verde é para a clamídia, amarelo para o herpes, roxo para as bactérias que provocam verrugas genitais e azul para a sífilis.

Os preservativos ‘coloridos’ ainda não estão à venda, já que, de acordo com as declarações de um porta-voz dos TeenTech Awards, este preservativo “ainda é apenas um conceito… Não o design final”.