Sociedade

Incêndio destrói 600 metros de passadiço no Paiva

O incêndio que afetava há mais 18 horas o concelho de Arouca, distrito de Aveiro (deflagrou às 13h26 de ontem na freguesia de Canelas e Espiunça) e que atingiu parte dos passadiços do Paiva, foi dado como dominado pelas 7h desta madrugada, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

Cerca de 600 metros de passadiço sobre o rio Paiva foram afetados pelas chamas, combatidas por bombeiros de Aveiro, Coimbra e Porto, confirmou o presidente da Câmara Municipal de Arouca, José Neves, acrescentando que os serviços da autarquia vão avançar já com as obras, num valor que estima em cerca de “180 mil euros”, e que as passagens deverão estar recuperadas dentro de um mês.

“Até que a normalidade seja reposta, os Passadiços do Paiva estarão encerrados", anunciou ainda a autarquia, que se comprometeu a ir "dando nota dos desenvolvimentos que surjam sobre esta ocorrência, bem como do regresso à normalidade".

sonia.balasteiro@sol.pt