Internacional

Austrália pondera passar a ser uma república

A maioria dos responsáveis políticos regionais australianos assinou um documento onde defende que o país deve abandonar a monarquia e transformar-se numa república. Também o líder da oposição irá amanhã, no dia da Austrália, defender a mesma ideia: “Pela primeira vez na nossa história, os líderes dos maiores partidos são republicanos declarados” disse Bill Shorten.

O país é  um dos reinos da Commonwealth e tem como chefe do Estado a Rainha Isabel II, representada no país por um governador-geral.

O primeiro ministro, Malcolm Turnbull é um fervoroso defensor da República e foi um dos promotores de um referendo em 1999, que derrotou o projeto. Agora, face ao renovado entusiasmo com o derrube da monarquia – apenas depois da morte da monarca, porém – já levantou a hipótese de promover nova consulta popular.

Sinal da crescente popularidade da ideia, o Movimento Republicano Australiano quadruplicou os seus filiados em apenas 12 meses.