Sociedade

Aeroporto da Portela sem táxis

O protesto dos taxistas contra a Uber fez com que o Aeroporto da Portela, em Lisboa, ficasse esta sexta-feira sem táxis, lê-se no site do Correio da Manhã.

"Não seria de esperar outra coisa com a grande adesão dos colegas. O aeroporto está parado e uma grande parte dos motoristas que lá operam estão a juntar-se a nós neste momento", disse um taxista à CMTV.

Os taxistas que protestam contra a empresa de serviço de transporte privado Uber partiram esta sexta-feira, pelas 09h30, em marcha lenta, do Campus de Justiça em direção ao Parlamento.

No Porto, o protesto começou na praça Gonçalves Zarco, conhecida como Castelo do Queijo. Rui Moreira "é um homem de convicções fortes. Vamos pedir para intervir junto da tutela utilizando a sua influência", disse José Monteiro, vice-presidente da Antral - Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros.

Em Faro, cerca de 120 taxistas concentraram-se esta manhã junto ao Estádio do Algarve, tendo iniciado a marcha lenta, que dirigiu até à Câmara, às 09h05. "O problema são os transportes ilegais e alguns dos nossos colegas taxistas também alinham nessas práticas", disse à agência Lusa um taxista Algarvio.