Internacional

Hillary já tem número de delegados necessários para assegurar nomeação democrata

A candidata democrata já terá os 2383 delegados necessários para a nomeação.

Hillary Clinton conseguiu esta segunda-feira, segundo contagem feita por vários meios de comunicação norte-americanos, o número de delegados necessários para ser garantida como candidata do Partido Democrata.

Depois de no domingo ter saído vitoriosa frente a Bernie Senders, em Porto Rico, e com o apoio dos “superdelegados”, tudo indica que e ex-secretária de Estado norte-americana vai enfrentar o candidato republicano, Donald Trump.

 

 

 

Durante um comício, realizado esta segunda-feira, na Califórnia a candidata democrata afirmou: “Estamos à beira de um momento histórico e sem precedentes, mas ainda temos trabalho pela frente não é?”, conta a CNN.

A CNN adianta também que a Casa Branca vai oficializar o apoio a Hillary Clinton, a partir desta terça-feira, num momento que se pode tornar histórico dado que Hilary Clinton pode ser a primeira mulher nos Estados Unidos a representar um dos grandes partidos na corrida às eleições.

O candidato Bernie Sanders já reagiu à notícia. "É lamentável que os meios de comunicação social, num julgamento precipitado, estejam a ignorar a declaração clara do Comité Nacional Democrata de que é errado contar os votos dos superdelegados antes de eles votarem realmente na convenção deste verão", lamentou Sanders acrescentando que a sua adversária "não tem e não vai ter o número necessário de delegados para garantir a nomeação".

A verdade é que, quando os superdelegados votarem, podem mudar a intenção do voto e apoiar Sanders.

As eleições presidenciais norte-americanas realizam-se em novembro.

Hillary e Trump entram hoje na reta final

Republicanos e democratas vão hoje a votos nos estados de Califórnia, Montana, Nova Jérsia, Novo México, Dakota do Norte e Dakota do Sul.

Do lado republicano, Trump já tem a nomeação garantida ao ter conseguido na semana passada os delegados necessários para tal. Para os democratas estas votações são bastante importantes e é muito provável que Hillary Clinton consiga os restantes delegados para ser ela a candidata democrata no frente-a-frente com Trump em novembro.

Num total, estes seis estados elegem 806 democratas e 303 republicanos. Atualmente este número não preocupa Donald Trump que já superou os 1237 delegados que precisava. Hillary Clinton já conseguiu 1807 delegados (2355 a contar com os super delegados). Para conseguir a nomeação, a candidata democrata precisa de obter 2383.

Nas sondagens levadas a cabo pela “Real Clear”, Clinton supera o adversário Bernie Sanders em todos os estados que vão hoje a votos. Contudo, na Califórnia, a margem é mínima e é o estado que elege mais delegados: 546.