Politica

Pedro Pinto assume 'derrota pessoal' em Sintra

O candidato do PSD à presidência da Câmara Municipal de Sintra, Pedro Pinto, assumiu hoje a "derrota pessoal" nas eleições autárquicas, depois das primeiras projecções televisivas apontarem para que o partido fique em terceiro lugar.

numa primeira reacção aos resultados projectados a partir das 20h00, que indicam que a vitória em sintra será decidida entre o independente marco almeida e o socialista basílio horta, pedro pinto vincou que a derrota é "pessoal".

"a derrota é minha. fui eu que não fui capaz de fazer passar esta mensagem fantástica. assumo pessoalmente a derrota", disse pedro pinto, na sede da candidatura sintra pode mais.

pedro pinto, que ainda não referiu se ocupará o cargo de vereador, disse que a sua candidatura apresentou "um projecto a pensar nas pessoas, nos idosos, nos mais novos e, principalmente, nos desempregados".

"fizemos uma caminhada de nove meses, uma caminhada em que penso que demos uma lição do que é o civismo, o que é a participação democrática e a discussão das ideias", acrescentou.

o psd detinha a maioria absoluta em sintra, sob a presidência de fernando seara, que nestas autárquicas foi candidato do psd/cds-pp/mpt.

lusa/sol