cristianoronaldo



Supertaça de Itália. Valeu Cristiano Ronaldo, não fosse ele a “máquina perfeita”

Laura Ramires