directora

Passos diz que a dignidade dos portugueses nunca esteve em causa com o ajustamento