endividamento

Depois de máximo histórico, endividamento da economia recua para 743,7 mil milhões

Redação