hongkong

Hong Kong. Marcha pacífica depois de dias de violência

Filipe Teles