joaoguimaraesrosa

Viver é muito perigoso

José António Saraiva