papafrancisco

Papa: "Aborto? Será lícito contratar um assassino para resolver um problema?"