servicodeestrangeirosefronteiras

Alegada escravatura de 200 moldavos em Serpa. SEF diz não ter conhecimento da situação

Maria Moreira Rato