china-communications-construction-company


  • Mota-Engil abre caminho a grupo chinês

    A multinacional chinesa CCCC requereu à CMVM a confirmação de que o acordo que lhe permite controlar 30,01% da construtora não pressupõe uma OPA. A família Mota agendou reunião para alterar estatutos e garantir que o negócio não cai.

    Mota-Engil abre caminho a grupo chinês