Politica

Um Governo em família

Um olhar mais atento à composição do Executivo liderado por António Costa permite concluir que não será por falta de ambiente familiar que o mesmo falhará. E que a sabedoria popular – segundo a qual ‘filho de peixe sabe nadar” e “quem sai aos seus não degenera” – também aqui se aplica com toda a propriedade.

As ligações familiares começam no próprio Conselho de Ministros: Ana Paula Vitorino, ministra do Mar, é casada com Eduardo Cabrita, o ministro-adjunto de António Costa e a quem caberá a coordenação política do Governo.

O ministro da Cultura, João Soares, é filho do fundador e líder histórico do PS. Maria Manuela Leitão Marques, ministra da Presidência e da Modernização Administrativa e ‘mãe’ do famoso Simplex, é casada com o constitucionalista Vital Moreira.

E enquanto José Vieira da Silva volta ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, a sua filha e socióloga Mariana entra pela primeira vez num Executivo e para secretária de Estado adjunta do primeiro-ministro.

Guilherme W. Oliveira Martins, secretário de Estado das Infraestruturas (a designação com que foram batizadas as ‘antigas’ Obras Públicas), é filho do antigo ministro das Finanças de Guterres e até há um mês presidente do Tribunal de Contas (saiu para administrador da Gulbenkian). Distinguem-se no nome de guerra pelo ‘W’, que significa Waldemar.

Já agora, e continuando no 'W', saiba que o secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Wengorovius, é neto do advogado Vítor Wengorovius, que fundou com Jorge Sampaio o histórico MES (Movimento de Esquerda Socialista).

A secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, além de distinta docente da Faculdade de Direito de Lisboa é casada com João Miranda e, portanto, nora de Jorge Miranda, habitualmente apontado como ‘pai’ da Constituição.

Margarida Marques, secretária de Estado dos Assuntos Europeus, é casada com Porfírio Silva, um dos conselheiros de Costa no partido.

E quem tem um familiar que é conhecido à escala planetária? O secretário de Estado Adjunto, do Tesouro e das Finanças, Ricardo Mourinho Félix, primo direito do treinador do Chelsea.

Finalmente, pode ainda dizer-se que António José Seguro pode já não ter nada que ver com este PS, mas tem uma forte ligação ao seu Governo: o primo Jorge Seguro, secretário de Estado da Energia.

paula.azevedo@sol.pt