Tecnologia

Entre marido e mulher, mete-se uma aplicação

Se a tecnologia pode ajudar a encontrar o parceiro para a vida, com o recurso aos múltiplos sites de relacionamentos que existem, sabe-se agora que também pode ajudar a dirimir ou a prevenir conflitos entre casais já estabelecidos.

A contrariar o adágio ‘Entre marido e mulher, não se mete a colher’, surge agora uma nova moda tecnológica: aplicações para smartphones que facilitam a comunicação na relação, apaziguando as discussões entre os apaixonados. 

Entre as apps mais recentes encontram-se o Couple Counseling & Chatting e o Romantimatic. A primeira delas, gratuita para iPhone e Android, foi criada pela terapeuta de casais norte-americana Marigrace Randazzo-Ratliff, que ao fim de 25 anos de experiência em consultório levou os seus ensinamentos para o mundo digital. “Queria ensinar as pessoas a resolverem os seus conflitos”, disse ao The New York Times. Quem a usa, preenche primeiro um formulário de auto-avaliação: ‘Como lida com a raiva?’, É do tipo agressivo, confrontador?’, cujo diagnóstico vem com aconselhamento de trabalho de casa para fazer, desde sentar-se e discutir com calma uma situação específica, até uma massagem aos pés para ajudar a fazer as pazes…  

Já a aplicação Romantimatic, que pode ser descarregada na loja da Apple por €1,79, serve para um bom pedido de desculpas, sendo que quem a usa pode criar os seus próprios sonetos de amor ou usar as múltiplas declarações ‘já prontas’, qual Shakespeare virtual. E será que resulta? É tentar. 

filipa.moroso@sol.pt