Desporto

NBA: Miami tenta repetir a dose para entrar na história

Se for como há um ano, a emoção está garantida. A partir das 02h da madrugada em Portugal, Miami Heat e San Antonio Spurs iniciam a reedição da final da época passada, com o primeiro jogo a ser disputado no Texas. 

LeBron James tentará liderar a equipa da Florida à conquista do terceiro título consecutivo, algo só alcançado por três vezes em toda a história da competição. E desta feita conta com um Dwayne Wade sem os problemas físicos do ano passado. Há um ano, os Heat venceram a final no sétimo jogo (4-3), depois de um triplo do veterano Ray Allen evitar a derrota no jogo 6 a um segundo dos Spurs fecharem a série com 4-2.

“Estamos contentes por voltar este ano e por enfrentarmos os Heat novamente. Ainda temos o sabor amargo nas nossas bocas, esperamos estar prontos desta vez”, afirma Tim Duncan, a principal figura dos Spurs. Aos 38 anos, Duncan assume não estar ainda preparado para assumir que a sexta final que disputa será a última página de uma carreira que acumula quatro títulos de campeão, três deles com o estatuto de melhor jogador das finais.

Por terem sido a equipa com melhor registo na fase regular da competição, os Spurs gozam do chamado ‘factor casa’. Ou seja, no máximo de sete jogos a disputar até que uma das equipas chegue às quatro vitórias os Spurs gozam de mais um jogo em casa. Se tal como no ano passado a final for disputada no jogo 7, a decisão será tomada com os Spurs a beneficiar do apoio do público.

nuno.e.lima@sol.pt