Desporto

A dentada de Suárez transgride o artigo 48.º e 57.º da FIFA

A mordidela a Giorgio Chiellini poderá ter ido longe de mais. Foi a terceira na sua carreira, depois daquela ao serviço do Ajax e a Ivanovic, já como jogador do Liverpool. Em ambas foi sancionado. E agora também deverá ser.

 

Se não se lembra, veja aqui.

A Comissão de Disciplina da FIFA já emitiu um comunicado a dizer que abriu um inquérito disciplinar ao incidente de terça-feira no jogo entre o Uruguai e a Itália.

O Comité da FIFA está instalado no Rio de Janeiro e foi célere na resposta, dizendo que já “iniciou um expediente disciplinar” ao avançado uruguaio Luis Suárez por este ter alegadamente mordido o italiano Chiellini. Suárez tem até às 21 horas desta quarta-feira (17 horas em Brasília) para apresentar as alegações.

“A FIFA pode confirmar que abriu um procedimento disciplinar contra o jogador do Uruguai Luis Suárez, por transgredir o artigo 48.º e 57.º  do código de disciplina da FIFA durante o jogo do Campeonato do Mundo entre o Uruguai e a Itália”, pode ler-se no comunicado do órgão máximo que tutela o futebol.

O medo da selecção do Uruguai pode ter razões de ser. E o jogador poderá mesmo falhar já o embate nos oitavos-de-final com a Colômbia, no sábado. O castigo pode estar entre os dois ou três jogos, mas poderá estender-se e, aí, afectar também o clube – Liverpool.

Quem sairá chamuscado disto será também o árbitro que mexicano Marco Rodríguez. Ele e a sua equipa técnica deixaram passar em claro a agressão e poderão ser punidos. Se calhar sem apitar mais jogos este Mundial.

 

SOL