Desporto

Suárez explica mordidela a Chiellini

"Perdi o equilíbrio e caí em cima do adversário", foi desta forma que Luis Alberto Suárez explicou o lance da mordidela que o afastou do Mundial 2014, em carta enviada à FIFA, hoje divulgada no jornal Estado de São Paulo.

 

"Perdi o equilíbrio e acabei por cair em cima do adversário com a minha cara, o que me provocou uma dor enorme na boca e nos dentes, o que até forçou a interrupção do jogo. Foi o que aconteceu e em momento algum mordi ou tentei morder conforme foi dito", defendeu-se o uruguaio, que quando jogou na Holanda ficou conhecido como o 'Vampiro', por ter mordido um adversário.

A FIFA entendeu que as queixas de Giorgio Chiellini, o italiano que ficou com a marca dos dentes do jogador cravadas no ombro, eram válidas e, como o avançado do Liverpool também era reincidente, teve mão pesada. Nove jogos de suspensão e quatro meses sem pisar os relvados. Para surpresa geral, até o próprio central da Juventus veio a público considerar o castigo "exagerado".

Ainda assim, o organismo que gere o futebol mundial manteve o seu veredicto e Suárez já se encontra no seu país, para umas férias antecipadas. Será a grande baixa do Uruguai para o jogo decisivo de hoje, frente à Colômbia, nos oitavos-de-final do Mundial.

hugo.alegre@sol.pt