Cultura

Eanes lembra 'dignidade essencial do Homem' na obra de Sophia

O antigo Presidente da República Ramalho Eanes lembrou hoje a forma como Sophia de Mello Breyner Andresen falou da "dignidade essencial do Homem" na sua obra literária e na sua "acção cívica e política".


"Ela fala do Homem, daquilo que é a dignidade essencial do Homem, que obriga a que a sua liberdade seja respeitada e que a sua fraternidade não seja esquecida. Ela di-lo de uma maneira extremamente bonita em verso mas fá-lo na vida através da acção cívica e politica, através da relação quotidiana com as pessoas", afirmou Ramalho Eanes aos jornalistas.

Ramalho Eanes esteve na cerimónia de trasladação de Sophia de Mello Breyner Andresen para o Panteão Nacional, tal como o ex-Presidente da República Jorge Sampaio.

"Acho que foi uma homenagem que está à altura daquilo que é a memória colectiva de Sophia de Mello Breyner", declarou Eanes.

Estiveram presentes na cerimónia o Presidente da República, Cavaco Silva, a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, e o secretário-geral do PS, António José Seguro.

Deputados de todos os partidos com assento parlamentar assistiram igualmente à cerimónia, como José Ribeiro e Castro, Teresa Anjinho, Michael Seufert e Inês Teotónio Pereira, do CDS-PP.

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, esteve também presente, assim como os ministros Nuno Crato (Educação) e Miguel Macedo (Administração Interna) e o secretário de Estado da Cultura, Barreto Xavier.

O PCP esteve representado pelo vice-presidente da Assembleia da República António Filipe, o líder parlamentar, João Oliveira, e o deputado Miguel Tiago.

O Bloco de Esquerda fez-se representar pelos dois coordenadores, Catarina Martins e João Semedo, e a deputada Mariana Mortágua.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.