Desporto

Blatter "surpreendido" com a Bola de Ouro para Messi

Messi esteve uns furos abaixo das suas capacidades nos relvados do Brasil e perdeu o título mundial frente à Alemanha. Ainda assim, levou para casa a Bola de Ouro, prémio que distingue o Melhor Jogador da Copa. As críticas não tardaram e até Maradona, o ídolo argentino, veio a público afirmar que a distinção era injusta e que se devia a uma manobra de "marketing". E desta vez nem o suíço Joseph Blatter, um confesso admirador das qualidades do jogador albiceleste, o defende. Para o presidente da FIFA, esta eleição é uma "surpresa".

 

“Devo ser diplomático ou não? Confesso que me surpreendeu quando vi Messi a receber o prémio. Fiquei surpreendido com a sua eleição”, explicou esta segunda-feira Blatter na conferência de imprensa de encerramento do Mundial. Ainda assim tentou justificar o prémio: "Mas vejam os golos marcados por Messi na fase de grupos. Foram decisivos", comentou ao Telegraph.

Quem são as pessoas que votaram em Messi?