Cultura

Há cem anos começava a Grande Guerra

Conhecida como a Grande Guerra, foi um conflito global centrado na Europa, começou a 28 de Julho de 1914 e durou até 11 de Novembro de 1918. Deixou um rasto de 10 milhões de mortos, mais 6 milhões de civis (com fome e doenças).

 

Dividiu o globo em duas alianças. Os Aliados (Reino Unido, França e Império Russo) e os Impérios Centrais (Império Alemão, Áustria-Hungria e Itália, isto depois de os austro-húngaros terem ido contra o acordo o que deixou os italianos de fora, tomando o partido dos Aliados).

Destacou 70 milhões de soldados na luta. Foram escavados 40 mil quilómetros de trincheiras (equivalente à circunferência da terra), caíram 8 milhões de cavalos mortos, foram utilizados 8237 tanques e usados 32 milhões de misseis só na batalha de Verdun (os franceses suportaram 10 horas de bombardeamento da parte dos alemães).

O genocídio arménio causou a morte de 1,5 milhões de arménios. No total da I Grande Guerra, ficaram 8 milhões de refugiados e 6 milhões de descapacitados.

A I Guerra Mundial foi primeira em muitas coisas. No uso das trincheiras e das metralhadoras. Nos comboios, utilizados para transportar armas e tropas. Também no uso de armas químicas e da aviação e nos carros de combate. Uma estreia à grande escala.

Como começou, ou a pergunta de um milhão.

Alguns países europeus estavam descontentes com a partilha dos territórios na Ásia e em África, ocorrida no final do século XIX. Alemanha e Itália, por exemplo, ficaram de fora no processo, diferente do que ocorreu com França e Inglaterra, que podiam continuar a exploração das colónias. Esta insatisfação é apontada como uma das causas do rebentamento da Grande Guerra.

Isto porque o equilíbrio de poder na Europa foi ficando cada vez mais fragilizado. Resultando na existência de uma complexa rede de alianças políticas e militares em todo o continente por volta de 1900.

Clique na imagem para ver o pdf

O medo instalou-se. Entre 1908 e 1913, os gastos militares das potências europeias aumentou em 50 por cento.

Entre as causas da guerra inclui-se as políticas imperialistas estrangeiras das grandes potências da Europa, como o Império Alemão, o Império Austro-Húngaro, o Império Otomano, o Império Russo, o Império Britânico, a Terceira República Francesa e a Itália.

E o que espoletou tudo. A 28 de Junho de 1914, o assassinato do arquiduque Francisco Fernando da Áustria, o herdeiro do trono da Áustria-Hungria, pelo nacionalista jugoslavo Gavrilo Princip, em Sarajevo, na Bósnia. O premir do gatilho resultou num ultimato Habsburgo contra a Sérvia.

Diversas alianças foram formadas ao longo das décadas anteriores para serem agora invocadas. As grandes potências estavam em guerra através de suas colónias, o conflito espalhar-se-ia imediatamente em todo o mundo, concentrado na Europa.

SOL