Tecnologia

Verizon paga para conhecer os hábitos dos seus utilizadores

A polémica sobre a privacidade na internet é algo em questão nos dias de hoje. Mas a verdade é que por muitas pessoas que temam e salvaguardem, outras há que partilham cada momento, cada passo ou sítio. Mas e se lhe pagassem pela informação?

É isso mesmo, há alguns sites, ou empresas que procuram pessoas que, a troco de uma quantia modesta (aproximadamente 100 dólares mensais), permitam rastrear a localização dos seus dispositivos, histórico na internet e até aplicações. É o caso da Verizon que lançou uma campanha, onde promete recompensas para o 'voluntário'.

O objectivo não é a vida pessoal mas os passos, locais e procuras, tudo no intuito de marketing ou vendas. Essas informações servirão para responder à procura pessoal, melhorar a publicidade e compras. Tomamos por exemplo a gigante FORD, que usou essa tecnologia no corrente ano para descobrir potenciais compradores, pessoas que pesquisaram online  os seus modelos, características ou mesmo visitarem o showroom.

oscar.rocha@sol.pt