Sociedade

AHRESP entrega na AR petição para a reposição do IVA de 13%

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) entrega hoje no parlamento uma petição "com mais de 20.000 assinaturas" a pedir a reposição da taxa de IVA nos 13% no sector, disse o director-geral.

"Vamos pedir aos grupos parlamentares que façam a sua leitura muito atenta dos exemplos" que estão na petição, disse José Manuel Esteves.

O director-geral da AHRESP adiantou que "é clara a diferença da competitividade entre Portugal e União Europeia" em termos fiscais: "Somos o país com a taxa de IVA mais elevada".

José Manuel Esteves espera com esta petição conseguir sensibilizar o parlamento para as dificuldades do sector.

"É inequívoco que quando se fala em baixa de impostos fiscais é preciso repor os 13%" no sector da alimentação e bebidas", sublinhou.

Actualmente, o IVA no sector é de 23%.

Em comunicado, a AHRESP diz que o turismo "é um dos motores mais importantes e dos que mais tem contribuído para a economia", por isso defende a reposição do imposto.

"Estamos todos de acordo que antes de ponderarmos qualquer aumento do salário mínimo nacional (SMN), as empresas sobreviventes necessitam de um sinal efectivo de melhoria, de um alívio fiscal, para que continuem a cumprir com as suas obrigações, para que consigam manter/criar os seus postos de trabalho", adianta a AHRESP.

Fundada em 1896, a AHRESP representa as empresas e os empresários do sector e afirma-se a maior associação empresarial do país.

Lusa/SOL