LifeStyle

Uma mesa para a consoada

Longe vão os tempos em que as mesas da consoada eram obrigatoriamente decoradas com peças faustosas, nas quais predominavam os dourados e os vermelhos. Hoje os critérios são cada vez menos rígidos e uma mesa deslumbrante pode estar ao alcance de todos. Com isto em mente, o SOL desafiou a dupla Mariana Esteves Serra e Rita Valadão Gomes, fundadoras do ateliê Spaceroom, para criarem uma mesa para a noite da consoada. Sem quaisquer regras ou limitações.
 

O resultado é esta mesa orgânica e acolhedora, onde apetece passar uma noite a comer e a conversar. «Baseámo-nos em elementos naturais, como é o caso da madeira existente nos marcadores, assim como as flores e o musgo», explicam, acrescentando que a palavra de ordem foi «conforto».

Dentro dos vários elementos desta mesa, as designers destacam os pratos, «pelas suas diferentes formas, embora todos com o mesmo acabamento e cor, e as variadíssimas flores que dão vida, cor e alegria a esta decoração natalícia». E deixam uma dica para quem ainda não sabe como decorar a mesa na noite da consoada: «Nem sempre é preciso gastar muito dinheiro e, no caso específico da decoração de uma mesa, a reciclagem é a forma mais em conta e original para o fazer. Podemos ver aqui um bom exemplo de reciclagem, através dos distintos vasos com cores e tamanhos diferentes. São elementos que podem ser reutilizados ao longo do ano, bastando alterar as flores ou pôr velas».

Formadas pela Fundação Ricardo Espírito Santo Silva, Mariana Esteves Serra e Rita Valadão Gomes fundaram, em 2009, a Spaceroom, de forma a poderem explorar a paixão de ambas pelo design de interiores. Cinco anos depois, a dupla tem vários projectos em Portugal, no Norte da Europa e em Angola, e termina 2014 com nota positiva: participaram, com sucesso, na última edição da CasaLisboa, e antes venceram a categoria Interior Spaces in Exhibition do A'Design Award pelo projecto de um apartamento em Luanda. 

raquel.carrilho@sol.pt