Vida

Mãe de dois filhos suicida-se para ‘reencontrar marido’ que morreu com cancro

Uma mulher de 38 anos, mãe de dois filhos, suicidou-se depois de o marido ter morrido com cancro, escreve o The Mirror. Amanda Tucker casou-se com Jason depois de terminar um casamento de 15 anos com o pai dos seus filhos.

 

Quando Amanda e Jason se casaram já o diagnóstico de cancro em fase terminal tinha sido diagnosticado ao noivo. Depois de ter morrido, a mulher tirou a própria vida depois de tomar uma mistura fatal de morfina, analgésicos e álcool.

De acordo com as conclusões do inquérito judicial a este caso, Amanda Tucker ligou à mãe e pediu “desculpa”, disse que amava a mãe e os filhos, mas que queria “reencontrar Jason”. A mãe percebeu logo o que poderia acontecer e chamou de imediato uma ambulância para a casa da filha, em Reading, Berks, Inglaterra.

Amanda foi levada para o hospital mas sofreu uma paragem cardio-respiratória segundos antes de chegar à urgência. Ainda esteve um dia em coma, mas no dia seguinte sofreu diversas crises cardíacas e os médicos não conseguiram salvá-la.

A mulher tinha manifestado pela primeira vez sintomas de depressão e ansiedade em 2010 quando se separou do primeiro marido e pai dos seus filhos após 15 anos.

Em 2012, voltou ao médico por sofrer ataques de pânico depois de ao seu novo parceiro ter sido detectada uma massa no pâncreas, que veio a revelar tratar-se de cancro.

Ainda assim, Amanda e Jason avançaram com o casamento, mas ele morreria menos de um ano depois, em 2013, o que agravou fortemente a depressão de Amanda.

A Justiça considerou que os serviços de saúde deveriam ter sido mais proactivos na prevenção deste caso, já que a mulher tinha confessado durante a terapia ter pensamentos suicidas.

Em Portugal, existem vários números de apoio a que se pode recorrer para pedir ajuda. Veja aqui.