Internacional

Negociações entre Mercosul e Bruxelas terminam sem grandes progressos

A União Europeia e os países do Mercosul encerraram hoje, em Bruxelas, nova ronda de negociações para um acordo de associação sem grandes progressos na vertente comercial, embora tenham reafirmado o seu empenho na conclusão de um compromisso «equilibrado».

numa declaração conjunta, divulgada em bruxelas no final da ronda negocial que decorreu durante toda a semana na capital belga, os negociadores indicam que os trabalhos se centraram nos três pilares do acordo, designadamente o diálogo político, a cooperação e o livre comércio, mas não foram avançadas propostas sobre o acesso liberalizado dos produtos aos mercados.

segundo fontes comunitárias, a oferta de acesso aos mercados só poderá avançar uma vez que estejam concluídos estudos de impacto de um acordo na agricultura europeia, que a comissão europeia ficou encarregada de levar a cabo.

ue e mercosul reafirmaram hoje o seu empenho em «avançar com as negociações de modo a alcançar um acordo de associação global, equilibrado e ambicioso».

esta foi a sexta ronda negocial desde que ue e os países do mercosul (brasil, argentina, uruguai e paraguai) retomaram, no ano passado, negociações que estiveram suspensas seis anos (desde 2004), tendo ambas as partes agendado já uma sétima ronda para novembro próximo (de 7 a 11), em montevideu, e uma oitava para o primeiro trimestre de 2012, em bruxelas.

lusa/sol