LifeStyle

Será esta a cura para a asma?

Um grupo de cientistas da Universidade de Cardiff afirma que, dentro de cinco anos, pode ser possível curar a asma.

Isto porque os investigadores acreditam ter descoberto a origem deste problema respiratório: A doença pode estar associada ao papel do receptor sensível ao cálcio (caSR), cuja actividade leva à dificuldade em respirar, explica o estudo, publicado na Science Translation Medicine e citado pelo Independent.

Os investigadores acreditam que existe uma classe de fármacos específica – os calcilíticos – que poderão ajudar a curar a asma, já que estes medicamentos – que acabaram por se revelar ineficazes no tratamento da osteoporose - inibem a actividade do receptor e, consequentemente, reverte os problemas ligados à respiração.

“Se conseguirmos provar que os calcilíticos podem ser administrados com segurança directamente nos pulmões humanos, em cinco anos podemos estar curar doentes e prevenir o aparecimento da asma”, afirma Daniela Ricciardi, da faculdade de biociências da Universidade de Cardiff.