Internacional

Nepal: Número de vítimas ultrapassou as 7.500

As autoridades nepalesas informaram hoje que "um exército" de trabalhadores está finalmente a conseguir fazer chegar a ajuda aos sobreviventes do sismo no Nepal, numa altura em que o número de vítimas mortais subiu para 7.557.


Mais de 131.500 militares e polícias nepaleses participam actualmente na massiva operação, apoiados por mais de uma centena de equipas de trabalhadores humanitários estrangeiros.

O Centro de Operações de Emergência Nacional do Nepal elevou hoje para 7.557 o número de mortes causadas pelo forte sismo, o mais mortífero do país em mais de 80 anos, o qual provocou também 14.536 feridos.

O terramoto, registado no passado dia 25 de Abril, também fez mais de uma centena de mortos nas vizinhas Índia e China.

As autoridades nepalesas advertiram, porém, que o balanço final deverá aumentar, atendendo a que as equipas de resgate começam apenas agora a ter acesso a zonas remotas da nação.

O Governo do Nepal tem sido alvo de críticas pelos atrasos na entrega de ajuda, uma situação que o Ministério do Interior afirmou estar actualmente sob controlo.

Lusa / SOL