Desporto

Bruno de Carvalho atira-se à arbitragem nas modalidades

Após a polémica no jogo de futsal que entregou este domingo o título de campeão nacional de futsal ao Benfica, Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, recorreu às redes sociais para 'relembrar pequenos detalhes' de arbitragem que terão prejudicado várias modalidades do clube esta temporada.

Leia o comunicado de Bruno de Carvalho na íntegra:

"O desporto faz-se de vitórias, empates e derrotas.

Devemos saber aceitá-las e evoluir com as mesmas.

Cada época é encarada com profissionalismo e obriga a um forte investimento financeiro e a uma árdua dose de trabalho.

Mas essa exigência tem de ser partilhada por todos.

Se formos relembrar pequenos detalhes a dúvida sobre essa exigência não ser geral é no mínimo possível:

1 - Último jogo da final do campeonato de andebol:

Numa altura em que quem marcasse era campeão, Bruno Moreira, o nosso capitão, foi agarrado por trás e levado ao chão, dentro da grande área do adversário. Os árbitros em vez de marcarem livre de 7 metros a favor do SCP marcaram falta atacante;

2 - Final da Taça de Portugal hóquei em patins:
Uma arbitragem desastrosa que colocou o SCP a jogar várias vezes com menos atletas que o adversário. Chegou mesmo a só estarem em ringue o guarda-redes e mais dois jogadores. Mas no hóquei se alguém se der ao trabalho de analisar todos os jogos e quem são os árbitros dos mesmos podem descobrir um "fantástico mundo desconhecido" com um enredo ao mais elevado estilo de Hollywood;

3 - Jogo de hoje da final do campeonato de futsal:
Depois de várias decisões duvidosas durante o jogo, chegamos aos penáltis. Por duas vezes o nosso guarda-redes defendeu e os árbitros mandaram repetir. E mandaram repetir porquê? Porque o André estava adiantado perante a linha... Como diz o povo "uma imagem vale mais que mil palavras"... Vejam as fotos e descubram as diferenças se conseguirem.

Esta é mais uma herança das últimas décadas de gestão no nosso Clube. O desrespeito é total e na hora de "errar" é sempre o mesmo que sofre...

Quanto aos sportinguistas repito o que disse no início do mandato e que está tão actual: "é hora de estarmos todos juntos para acabar com os interesses que se movem à volta do SCP e do desporto, se não estiverem ao meu lado os interesses vão acabar comigo!"

Quanto ao governo que tutela o desporto um conselho. Se precisamos de continuar a cortar nas "gorduras" para atingir a “meta do défice”, se no início a fórmula foi retirar apoios às Fundações (muitas vezes de forma quase cega), porque não olhar agora para as federações? Também começam por f e também acabam em ...ões. E tal como as primeiras umas são profissionais e apresentam trabalho, enquanto outras apenas absorvem dinheiro e fazem perpetuar o tão malfadado "sistema" envergonhando quem de facto gosta, ama e se dedica ao desporto e com isso Portugal e o desporto português.

Agora é tempo de preparar a próxima época nas várias modalidades, mas quem tem responsabilidades no desporto não se iluda, não vos vamos tolerar mais desrespeito! 

Não queremos favores mas exigimos profissionalismo! 

Vamos estar atentos e vamos fazer ouvir a nossa voz!"