Internacional

Merkel considera que não ajudar a Grécia seria 'o caos e irresponsável'

A chanceler alemã, Angela Merkel, considerou hoje que a alternativa a um novo programa de ajuda à Grécia teria sido "o caos" e não tentar avançar com esta ajuda teria sido "completamente irresponsável". 


"Sei que muitos entre vós têm dúvidas e preocupações", afirmou perante os deputados alemães, chamados a pronunciarem-se sobre o princípio desta ajuda. 

"Ninguém pode simplesmente esquecer" essas dúvidas e preocupações, disse. Mas "estaríamos a agir de uma forma completamente irresponsável se não tentássemos este caminho", porque "a alternativa seria garantidamente o caos", sublinhou a chefe do governo alemão. 

O vice-chanceler alemão, Sigmar Gabriel, saudou o papel do eixo França-Alemanha na gestão da crise grega, qualificando de "bom para a Alemanha" o "papel motor" de Paris na obtenção de um acordo sobre um terceiro programa de resgate.  

O também ministro da Economia social-democrata considerou, perante os deputados do Bundestag (parlamento alemão) positivo "que França e Alemanha tenham assumido a liderança" das negociações entre a Grécia e os parceiros europeus nas últimas semanas. 

Lusa/SOL