Sociedade

Duas carteiristas detidas na Avenida da Liberdade

A PSP deteve anteontem, em Lisboa, duas mulheres pelo crime de furto por carteirista.

Tudo aconteceu à hora de almoço, em plena avenida da Liberdade: enquanto uma vigiava o local no sentido de detectar a presença de polícias, a outra retirou, de forma astuciosa, a carteira do interior da bolsa a tiracolo de um turista, que continha documentação e 82,50 euros em numerário (o furto foi avaliado em 132,50 euros).

As arguidas, de 34 e 37 anos, foram ontem presentes no Campus de Justiça, em Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo ficado sujeitas a apresentações bissemanais na esquadra da área de residência.

97 carteiristas detidos no 1.º semestre deste ano

A PSP tem intensificado o combate a este fenómeno. Nos primeiros seis meses deste ano já foram feitas 97 detenções, mais 55 do que no mesmo período de 2014, ano em que foram detidos em flagrante delito 121 carteiristas, mais 81 do que em 2013.

A PSP de Lisboa iniciou, entretanto, uma campanha de sensibilização para combater este flagelo, com o objectivo de elucidar os cidadãos, em especial os turistas, para comportamentos de risco a evitar para não ser apanhado desprevenido. Em concreto, serão difundidos conselhos de segurança em várias línguas e em diferentes formatos, com apoio de diversas instituições parceiras da PSP.

Por outro lado, foi criada recentemente mais uma ‘equipa de turismo’ que se junta às quatro já activas desde o ano passado – e que são constituídas por agentes devidamente formados em várias línguas estrangeiras, que circulam pelos locais mais visitados da cidade. Esta medida foi implementada perante o aumento significativo do fluxo de visitantes registado desde o ano passado.

Não transportar quantias elevadas de dinheiro e nunca perder de vista os pertences, mantendo sempre a mala, bolsa, mochila ou saco fechados e, sempre que possível, transportados à sua frente, e não nas costas, especialmente em locais de forte aglomerado de pessoas são dois dos cuidados básicos mais importantes para evitar os furtos desta natureza.

sonia.graca@sol.pt