Vida

Adolescente grávida ‘acorda dentro do caixão’ depois de ser enterrada

Uma adolescente terá acordado dentro do caixão, um dia depois de ser enterrada, nas Honduras. O marido de Neysi Perez, de 16 anos, afirma que ouviu gritos e pancadas, quando foi visitar a campa, e a família decidiu arrombar a urna.

“Pus a minha mão na sepultura e consegui ouvir barulhos vindos lá de dentro. Não queria acreditar. Fiquei cheio de esperança”, afirmou o marido, Rudy Gonzales, citado pelo Independent.

Os familiares partiram o jazigo de cimento, onde tinha sido colocado o caixão. Segundo os mesmos, quando conseguiram abrir a urna, uma pequena janela que se encontrava na parte superior do caixão estava partida e a jovem tinha feridas nas pontas dos dedos.

Apressaram-se a levá-la para o hospital, mas os médicos não encontraram quaisquer sinais de vida.

Perez, que estava grávida de três meses, terá tido um ataque de pânico depois de um tiroteio perto de sua casa, em La Entrada. Quando começou a espumar da boca, os pais chamaram um padre para lhe fazer um exorcismo, porque achavam que a filha estava possuída.

Foi posteriormente encaminhada para o hospital, onde foi declarada morta. Os médicos acreditam que o ataque de pânico terá parado o coração da adolescente ou terá causado uma cataplexia, uma condição que deixa a pessoa com os músculos rígidos e sem conseguir comunicar ou mexer, mas consciente, provocada pelo stress da situação.

A mãe da jovem acredita que ela foi enterrada viva, uma vez que, quando tocou no corpo da filha, depois de ser desenterrado, este ainda estava quente.

A adolescente voltou a ser enterrada no seu vestido de noiva.