Sociedade

Ryanair diz que é urgente abertura de aeroporto no Montijo

O presidente executivo da Ryanair, Michael O'Leary, defendeu hoje que é urgente a abertura de um aeroporto complementar no Montijo, acusando a Vinci, gestora dos aeroportos portugueses, de estar a limitar a capacidade de crescimento da companhia. 

"Lisboa pode crescer muito mais. É altura de pensar no Montijo. Queremos investir em Lisboa, mas neste momento estamos bloqueados pelo aeroporto da Portela", afirmou hoje o responsável da companhia área de baixo custo, em conferência de imprensa, em Lisboa.

Em declarações à Lusa, Michael O'Leary adiantou que viu recusado pela Vinci o pedido para o aumento de movimentos por horas no aeroporto de Lisboa, o que, acrescentou, só pode ser interpretado com a intenção de "não querer crescer para não atingir o limite que o Governo definiu". 

Lusa/SOL