Internacional

Jovens norte-americanos alvo de ‘intenso’ recrutamento pelo Estado Islâmico

As autoridades norte-americanas alertaram que o grupo Estado Islâmico continua a realizar um "intenso" recrutamento entre os jovens de Minneapolis, depois de um adolescente se ter declarado culpado, na quarta-feira, de tentar juntar-se aos extremistas na Síria.


Hanad Mustofe Musse, de 19 anos, está entre os nove jovens da zona de Minneapolis a serem acusados em abril de se tentarem juntar ao Estado Islâmico. Todos, à exceção de um, foram detidos antes de conseguirem chegar à Síria -- Musse é o segundo a admitir culpa.

Os jovens da zona de Minneapolis "continuam a ser alvo de uma intensa campanha de recrutamento" pelo Estado Islâmico, disse Andrew Luger, procurador de Minnesota, em comunicado.

A área de Minneapolis -- que acolhe uma vasta comunidade somali -- tem também sido alvo de recrutamento pelos rebeldes Shebab, afiliados à Al-Qaida.

Acredita-se que pelo menos 20 jovens que desapareceram das cidades de Minneapolis e St. Paul, entre 2007 e 2009, se tenham juntado ao Shebab. Vários morreram, incluindo dois que realizaram ataques suicidas.

Lusa/SOL