Vida

Polícia faz descoberta surpreendente em boneco de peluche [vídeo]

A Polícia de Sydney fez uma descoberta no mínimo inesperada num apartamento do sul de Sydney. Um urso de peluche de grandes dimensões escondia duas armas ilegais, um cartucho de 32 balas e várias caixas de munições. Pensa-se que as armas fazem parte de um lote vindo da Alemanha há vários anos.


Os agentes estavam a fazer uma rusga num apartamento de Turrella, nas imediações do aeroporto de Sydney, e desconfiaram do enorme urso de peluche encostado a uma parede ao pé da televisão. E não havia razão para menos: enfiado no forro do boneco estavam duas pistolas Glock, um carregador de 32 balas e ainda caixas de munições.

Um vídeo, divulgado pela Polícia de Nova Gales do Sul, mostra os agentes a ‘destruírem’ o urso de peluche à medida que vão procurando e encontrando as armas ilegais. Apreenderam ainda dinheiro e documentação ilegal.

Não se sabe se o nome do residente no apartamento, um jovem de 23 anos, levou a Polícia a desconfiar, mas o seu apelido permite no mínimo trocadilhos curiosos. Chama-se Imad Warwar (que poderia ser traduzido para ‘Guerraguerra’) e já foi acusado de 12 crimes, todos relacionados com a posse ilegal das armas.

A Polícia acredita que as armas agora recuperadas fazem parte de um carregamento que entrou ilegalmente na Austrália há vários anos. Muitas das 220 pistolas que entraram no país foram recuperadas numa grande operação desenvolvida em 2012, mas vários exemplares continuaram desaparecidos.

Nos últimos ans três diversas armas foram surgindo no seguimento de investigações a vários crimes, incluindo assaltos e homicídios, em várias rusgas na região. Uma até apareceu abandonada num quintal da cidade de Wagga Wagga, mais perto da região da capital australiana, Camberra.

 

 

emanuel.costa@sol.pt