Sociedade

PSP de Guimarães sem comandante desde os incidentes do jogo com o Benfica

A Divisão da PSP de Guimarães está sem comandante efetivo desde os incidentes do jogo com o Benfica, em maio, nos quais um subcomissário desferiu várias bastonadas a um adepto do clube da Luz. Isto alegadamente por os oficiais recearem policiar jogos no Estádio D. Afonso Henriques, já conhecido no meio policial como “o cemitério dos comandantes”.

DR  

Com efeito, foi devido a incidentes em Guimarães que um comandante distrital acabou exonerado, um subintendente não acabou a sua comissão de serviço e um comissário até solicitou a pré-aposentação, segundo revelaram ao SOL agentes do Comando da PSP de Braga.

O ainda comandante, comissário David Fernandes, depois de uma longa baixa médica a seguir aos incidentes do jogo com o Benfica, encontra-se agora de férias, mas segundo o SOL apurou já não deve voltar ao lugar.

No jogo do passado domingo, entre o Vitória de Guimarães e o Sporting de Braga, que foi marcado por agressões entre adeptos, o policiamento foi comandado pelo subintendente Rui Matos, oficial de operações da PSP de Braga, mas na presença do segundo-comandante distrital, intendente Daniel Mendes – este último também alvo de acusações públicas por parte de dirigentes do Vitória, depois do célebre jogo entre as equipas B dos mesmos clubes, em fevereiro de 2013, em que foram arrancadas centenas de cadeiras do estádio.

Essas situações têm levado a que nenhum oficial da PSP de Braga queira comandar a PSP de Guimarães. Além disso, todos procuram evitar o serviço ao policiamento nos dias dos jogos de futebol.

Comissário de Braga acumula com Guimarães

Quatro meses após os incidentes de 17 de maio, que levaram à suspensão preventiva do subcomissário Filipe Silva por agressão a um adepto do Benfica e à frente dos filhos, a Divisão de Guimarães do Comando Distrital da PSP de Braga tem vindo a ser comandada interinamente pelo comissário Tiago Pereira, que há vários meses acumula com a sua responsabilidade habitual e que é a Divisão de Braga.

A Divisão de Guimarães representa metade da área de todo o Comando Distrital da PSP de Braga, tendo à sua responsabilidade as várias esquadras de Guimarães e também a de Famalicão, enquanto a Divisão de Braga inclui as esquadras de Braga e a de Barcelos. O comissário Tiago Pereira está a acumular duas divisões que, pelas regras da PSP, deveriam ser comandadas por um subintendente (isto é, um oficial de patente superior).