Vida

Rachael ficou conhecida pela sua luta contra a anorexia. E está a ser tratada em Portugal

Rachael Farrokh, que ficou conhecida em todo o mundo depois do seu apelo para a ajudarem a superar uma anorexia nervosa, está a ser tratada numa clínica no Algarve.

A norte-americana apareceu em público esta terça-feira, visivelmente com mais peso - quase irreconhecível - e elogiou o estabelecimento que a recebeu. “Fui finalmente tratada com respeito. Nem sequer sabia que o merecia”, afirmou à NBC durante uma marcha, em Washington, de alerta relativamente aos distúrbios alimentares.

Através da página de Facebook ‘Rachael’s Road to Recovery’, percebe-se que chegou a uma clínica ligada ao Hospital Particular do Algarve em agosto. “A equipa é fantástica. Todas as pessoas com quem nos cruzámos têm-nos apoiado e encorajado imenso. A metodologia que usam de compaixão e apoio para fazer com que o paciente se sinta seguro é algo com que nunca lidei”, pode ler-se numa das suas publicações.

Rachael explicou ainda à NBC que foi precisamente o facto de ter sido tratada com respeito que fez com que o tratamento resultasse, ao contrário de tantos outros que já tinha experimentado.

O médico português responsável pela norte-americana escreveu na página de Facebook a dar conta da evolução no tratamento e do progresso de Rachael.

Quem está a acompanhar Rachael é o marido, Ron, que se despediu para poder tratar da mulher.

Em maio, Rachael, com 37 anos, media 1.70m e pesava cerca de 18 quilos devido a uma anorexia nervosa. A aspirante a atriz decidiu então fazer um vídeo a explicar o seu problema, referindo que estava a morrer e que nenhum hospital aceitava tratá-la. Através de uma conta no GoFundMe, a norte-americana conseguiu angariar cerca de 180 mil dólares para os tratamentos.

“Tenho uma família enorme, chamada mundo. Deram-me um abraço enorme”, afirmou a norte-americana, acrescentando que já ganhou grande parte do peso que perdeu e que ainda está fraca.