Economia

Vão ser revelados novos escândalos de emissões poluentes de carros nas próximas semanas

Nas próximas duas a três semanas vão ser revelados mais casos de emissões poluentes no setor automóvel. A informação é avançada pelo site Daily Kanban, que refere 10 a 15 casos de ‘batota’ em automóveis a gasóleo, de vários fabricantes.

De acordo com o Daily Kanban, as revelações serão feitas pelo Conselho Internacional para os Transportes Limpos (ICCT no original) ou pela DUH - Deutsche Umwelthilfe (Ajuda Ambiental Alemã). Isso faz recordar um caso noticiado recentemente após acusações da DUH, imediatamente negado, que envolvia a Opel e o seu modelo Zafira.

É precisamente a Opel que o Daily Kanban indica como uma das marcas a serem atingidas pelo escândalo na próxima semana, representando no entanto apenas três dos 10 a 15 casos suspeitos prestes a ser revelados.

O site americano de notícias do setor automóvel lembra que o ICCT foi a entidade internacional que esteve na origem do teste feito pela Universidade da Virgínia, através do qual se veio a descobrir o escândalo das emissões poluentes em 11 milhões de veículos do grupo Volkswagen. Os resultados foram depois remetidos para as autoridades norte-americanas EPA e CARB.

O Daily Kanban avança também que vão ser descritos novos métodos de falsear as emissões poluentes dos carros a diesel, desde as ‘básicas’ às mais complexas. Indica que algumas podem ser tão detalhadas que colocam o software da Volkswagen como um ‘peão’ no meio das restantes. Um rumor, por exemplo, dá conta de moradas de laboratórios governamentais de testes inseridas no sistema informático de um carro, para facilitar o despiste das autoridades no momento de analisar as viaturas.

emanuel.costa@sol.pt