Internacional

Sobe para 30 o número de mortos nos atentados no Chade

Pelo menos 30 pessoas morreram e 80 ficaram feridas na sequência de um triplo atentado suicida, que ocorreu no sábado à tarde, no mercado de Loulou Fou, uma ilha no Lago Chade, perto da fronteira com a Nigéria, refere a Lusa, citando os media locais.

Nenhum grupo terrorista reivindicou o ataque, até ao momento, mas é atribuído ao Boko Haram, autor de diversos atentados no país, que atacam como represália, pela ajuda dos seus militares à Nigéria e aos Camarões.

Recorde-se que o Governo declarou, em novembro, o estado de emergência, devido aos ataques terroristas dos últimos meses. Isso implica que pessoas e veículos deixam de poder circular a determinadas horas do dia, de modo a garantir a segurança.