Sociedade

Esta foi considerada a palavra do ano 2015

‘Refugiado’ foi eleita a palavra do ano de 2015, vencendo com 31% dos votos.

O anúncio foi feito esta segunda-feira pela Porto Editora – que organiza a iniciativa desde 2009 – na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures.

A votação online abriu em dezembro e mais de 20 mil cibernautas participaram na eleição, disse à agência Lusa fonte do grupo editorial.

A palavra ‘Refugiado’ ocupou o topo da lista desde o início da votação, acabando mesmo por vencer com 31% dos votos. Em segundo lugar ficou o vocábulo ‘Terrorismo’, com 17%, e em terceiro ‘Acolhimento’, com 16%. O quarto lugar com para a palavra Esquerda (8%), seguida de ‘Drone’ (7%).

Os últimos lugares foram ocupados pelos vocábulos ‘Plafonamento’ (6%), ‘Bastão de Selfie’ (5%), ‘Festivaleiro’ (4%), ‘Superalimento’ (3%) e ‘Privatização’ (3%).