LifeStyle

5 pensamentos que destroem uma relação

Há vários factores que podem destruir uma relação, que teria tudo para dar certo.

Segundo o psicólogo Jeffrey Bernstein, “a maioria das pessoas acha que a comunicação é a razão pela qual muitos relacionamentos terminam. Mas é, antes, a maneira como pensamos no nosso parceiro e nos nossos problemas que dita o fim da intimidade e fragiliza a comunicação”.

O especialista apresenta diversos padrões tóxicos de pensamento, que podem estar a "envenenar" o seu relacionamento. Pense neles e tente evitá-los, para seu bem e para a pessoa que tem ao seu lado:

1. Faz tudo mal: Pensar que a pessoa que está ao seu lado está constantemente a fazer tudo mal ou nunca faz a aquilo que acha que é "a coisa certa".

2. O eterno “devias”: Assumir que o parceiro deve saber de todas as necessidades, de todos os problemas e de todos os nossos receios.

3. Rotular: Estar constantemente a acusar ou a rotular o companheiro de coisas negativas (ser preguiçoso, ser desarrumado, estar sempre de mau humor) e não ver e apreciar as suas qualidades.

4. Culpar: Responsabilizar e "apontar o dedo" à pessoa que está ao seu lado por todo o mal que acontece na sua vida, especialmente quando se trata de problemas conjugais.

5. Imaginação fértil: Imaginar coisas negativas do seu parceiro, que não correspondem à realidade. Por exemplo, achar que tem um caso só porque não lhe atende o telefone; pensar que está a deixar de gostar de si, só porque chegou atrasado ao jantar.