Internacional

Estado Islâmico liberta 270 civis sequestrados

Os civis que foram libertados são obrigados a permanecer em zonas controladas pelo Estado Islâmico.


O grupo terrorista Estado Islâmico, libertou hoje 270 dos 400 civis sequestrados no domingo em Deir ez-Zor, na Síria, cidade que é praticamente controlada pelo grupo terrorista que desde março tenta dominar as regiões que ainda pertencem ao governo.

A informação foi avançada pelo Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Os reféns foram capturados durante um ataque dos extremistas a uma região controlada pelo governo.

Segundo Rami Abdel Rahman, um ativista que coordena o OSDH, o grupo mantém os reféns para os interrogar. "Aqueles que eles acharem que têm ligação com o governo serão punidos e os que não tiverem qualquer ligação serão submetidos a um curso de religião e libertados". disse Rahman.

Apesar de livres, o grupo libertado é obrigado a permanecer em zonas controladas pelos jihadistas.