Vida

Esta jovem tem a 'Doença da Bela Adormecida'

Os jovens costumam ‘abusar’ no que diz respeito ao número de horas que dormem por dia: Costumam descansar pouco durante a semana e dormir horas a fio no fim-de-semana. Mas nada se assemelha ao caso de Beth Goodier.

Esta jovem tem a 'Doença da Bela Adormecida'

DR  


Esta jovem britânica sofre da síndroma de Kleine-Levin, também conhecida como síndroma da Bela Adormecida. Isto significa que Beth dorme, em média, 18 horas por dia. Quando acorda, esta mulher comporta-se como se fosse uma criança: confusa e sem conseguir distinguir os sonhos e a realidade, lê-se no Daily Mail.

Felizmente estes episódios não acontecem diariamente, mas sim de cinco em cinco semanas. No entanto, esta jovem mostra-se frustrada por ter que viver com este problema neurológico – que surgiu quando tinha 16 anos. 

“Passo metade da minha vida na cama”, afirma Beth Goodier. “Só me lembro de partes do que aconteceu durante o tempo em que estive acordada, por isso é como se metade da minha vida desaparecesse”, desabafou.

Estima-se que existam apenas mil casos deste género espalhados pelo mundo – 70% são do sexo masculino, refere o Daily Mail. 

Ainda não se sabe o que leva esta síndroma a desenvolver-se e qual a cura para a mesma. 

Os comentários estão desactivados.