Economia

Mexia: "O meu salário equivale ao de um defesa direito de um clube do meio da tabela"

António Mexia, presidente da EDP, é um dos gestores mais bem pagos de Portugal mas em entrevista à Sábado recorreu ao mundo do futebol para tentar demonstrar que o ganha até nem é muito.

"No futebol, o meu salário equivale ao de um defesa direito de um clube do meio da tabela [risos]. Não me considerando eu, um jogador desses", disse Mexia na entrevista à revista.

O presidente da EDP fez questão ainda de comparar com o seu vencimento com os salários de gestores de empresas do setor com a mesma dimensão no estrangeiro.

"Se olhar para o sector, na Europa e nos Estados Unidos, o meu salário é incomparavelmente mais baixo do que o de outras empresas da mesma dimensão", afirmou o presidente da EDP

O gestor defendeu ainda que a questão do seu ordenado só diz respeito a si próprio e aos accionistas da empresa. "Sejamos pragmáticos, só lhes diz respeito a eles e a mim - e a mais ninguém. Sendo que é transparente, porque em Portugal as únicas pessoas que são obrigadas a revelar a remuneração são os gestores das cotadas e os titulares de cargos públicos", disse.

O presidente da EDP recebeu 1,9 milhões de euros em 2015 e este ano pode vir a ganhar 2,6 milhões.