Sociedade

A razão para milhares de traças ‘invadirem’ a final do Euro2016

As borboletas noturnas não passaram despercebidas entre jogadores, treinadores ou adeptos.

 

Balizas, bandeirolas de canto ou mesmo Cristiano Ronaldo foram algumas das ‘vitímas’ destas borboletas noturnas da espécie Y de prata.

As luzes do Estádio de França, onde aconteceu a final do Euro2016, iluminaram-se no dia anterior ao jogo, um fator que contribuiu para atrair as borboletas, segundo a BBC.

O The Guardian aponta, ainda, outra razão para esta 'invasão'.

As borboletas da espécie Y de Prata são migratórias e é neste período do ano que iniciam a longa viagem que as leva de Sul para Norte em busca da região ideal para a reprodução.

É durante esta viagem que as borboletas são atraídas pela forte iluminação vinda do Estádio de França, garante o Independent.

Convidadas indesejadas, ou não, elas marcaram a final e foram assunto no Twitter com a hashtag #mothgate. Como no futebol, onde há jogadores com mais protagonismo que outros, com as traças aconteceu o mesmo.

A traça que pousou no capitão das quinas, depois de se ter deitado no chão em lágrimas, lesionado, ganhou destaque na rede social Twitter e já conta com mais de 11,000 seguidores no Twitter.